9.11.07

"A Outra Margem"

Um filme que questiona o lugar da diferença...
"Frequentemente nós colocamo-nos numa margem que entendemos que é a margem correcta, e excluímos os outros para a outra margem, onde nós achamos que estão os seres humanos incorrectos". São palavras de Luís Filipe Rocha, e que explicam o nome do filme.
Parece que a outra margem foi o lugar escolhido para um encontro improvável entre um travesti e um jovem com trissomia 21, e valeu a Filipe Duarte e Tomás Almeida o prémio de interpretação no Festival de Montreal.
Hoje vou sair do trabalho a voar, direitinha para o Cascais Villa (cujo ambiente é melhor descrito por Ruca) ver este filme, inserido no European Film festival 07.

5 comentários:

Hydrargirum disse...

E na onda do comment que deixei no blog do Ruca...cuidado com o trajar menina Leila*

E leve um alarme anti-tia...para que elas não se aproximem num raio de 50 metros!lol

Diverte-te e bom cinema:)
Já ouvi tanta publicidade a esse filme, espero que seja bom:)

:)

medusasss disse...

Obrigado pela lembrança Leila*! Já me estava a esquecer que ainda há boa ficção nacional!

Maga disse...

é um bom filme, boa escolha!

Helena de Troia disse...

Exacto, adoro filmes desses. Nao gosto de romantiquisses e lamexisses, gosto de filmes que desafiem, que façam pensar. Acho que o titulo nao poderia estar mais certo, completamente. Porque a ficçao nacional nao tem que ter orgias nojentas ("Corrupçao") para ser boa ficçao :)

Brama disse...

Também quero ver esse filme, estou esperançoso que seja um bom filme português.