25.11.07

Sai um caril de gambas =)

Passam alguns minutos das 8h da manhã, e deitei-me há pouco mais de 4 horas.
Há luz lá fora, desperto levemente do sono (que depois prossegue até bem perto da uma da tarde) e sinto um aroma no ar...

CARIL!!!!

É isso mesmo, caril!!! Não sei se de gambas, se de peixe, se de galinha... seja lá o que for cheira-me a caril!!! O que para mim não é nada estranho, até porque sempre que entro no elevador do meu prédio (logo na garagem), é o cheiro a caril que sinto! Confesso que antes de vir morar para este meu cantinho, comia com agrado tal especialidade indiana, mas agora já não suporto este "pivete".

E perguntam vocês porque é que cheira a caril no prédio, apartamento e até no quarto da Leila*?? Ora nem mais nem menos, porque os meus vizinhos da frente (um casal, dois putos e tenho ideia que uma cunhada - pensa a minha mente ingénua) são indianos!!! Não sou racista, nem xenófoba, e tenho até muito boas relações com pessoas de outras etnias e culturas, mas isto é impossível de aguentar.

Se não fosse esta coisa enorme em cima da porta dos Senhores (foto abaixo), eu diria que era apenas uma estratégia para me expulsarem daqui.

Mas é precisamente com esta imagem que tudo começa. Digam lá se estou a ver mal, ou se aquilo não são símbolos nazis?? Pois, a mim parece-me que sim! Suspeitas que confirmei, quando um dia cheguei a casa e tinha desenhado no hall de entrada (do meu apartamento, que é comum ao deles), símbolos iguais a estes, com velas acesas em volta... Mas o que vem a ser isto??? Cultos satânicos??? Nem quero sequer imaginar... como devem calcular, não achei muita piada à coisa, e nem tive coragem de convidar ninguém para vir cá a casa enquanto aquilo estava ali desenhado e "iluminado". Bem, o cheiro das velas, sempre disfarçava o cheiro do caril, mas enfim...

Fui então investigar, e descobri que entre Outubro e Novembro, os Indianos festejam o Festival das Luzes,"Diwali", e quis acreditar que era apenas um ritual normal em que iluminavam "qualquer coisa" com as velas, símbolo das luzes! Já sei que a ideia é um pouco rebuscada, mas prefiro pensar assim. Já pensei alertar a administração do condomínio, mas não me parece boa ideia, prefiro tê-los como vizinhos simpáticos que sempre foram, do que como inimigos..

Como se tudo isto não bastasse, e não sentisse a presença deles todos os dias dentro da minha sala (falam tão alto, os putos gritam e choram tanto que parece que estão ali ao pé de mim), num destes sábados, em que fiquei por casa nas limpezas, desliguei por instantes o aspirador e ouvi uma espécie de cânticos... Fui espreitar que nem uma vizinha cuscuvilheira, e não é que reparo que todo o meu hall estava preenchido de sapatos, sandálias e chinelos?? Se não é caril, são velas, e se não são velas é chulé??? Não resisti a tirar uma foto, embalada pelas músicas que se cantavam dentro do 5.ºEsq., fechei a porta e ri da minha própria sorte...

(Agora percebem o post anterior??)

14 comentários:

Ruca! disse...

seria espantoso se tivéssemos perante uma família hindu e nazi em lisboa. seria um 'case study' sociológico que eu não me importava de aprofundar.

porém, devo advertir a minha cara leila que a cruz suástica não foi inventada pela propaganda do III Reich mas é um símbolo presente em muitas culturas ancestrais entre as quais a hindu, e com os mais variados sentidos.

e penso que seja por aí que se explica a presença dela na porta dos teus vizinhos.

mas nunca fiando...

quanto ao caril, eu cá gosto muito.

bacio

Leila* disse...

Pois meu Caro Ruca, imagino que também não sabias que na Índia existem 4 religiões diferentes: hinduísmo, budismo, jainismo e siquismo. Ah pois é! Então quem te disse que os senhores são hindus??

Ah e tás ai com um palavreado muito carote não??

Baci**

Ruca! disse...

chama-me burro que eu gosto!

fique a doutora sabendo que para usarem esse símbolo ou sao hindus ou budistas. deixe-se de jainismos e etcs. n me mande areia pós olhos sff.

ah e quanto ao vocabulário, surpreende-me a cada dia.

não é que eu pensava que era 'palavriado' e nao 'palavreado' como leila, a catedrática tão bem usou??? ihih

sou um analfabeto funcional.

tu és uma nobel!

ciao*

medusasss disse...

lol
esta troca de galhardetes está o máximo!
Ó Leila*! Coitadinha de ti! Tremo só de pensar em semelhante má sorte!
Olha, se não os podes vencer...
lol

Mary disse...

ahahhaha! demais!*
Leilazinha, tu que foste ao concerto do davidzinho, ora dá lá um saltinho ao meu blog, que já vais perceber a referencia ao moço.. talvez me possas ajudar*

Mary disse...

aaaaaaaaaaaaaah! obrigada obrigada obrigada! envia para blogdamariah@gmail.com, por favor.
Ansiosamente à espera, Maria ;) **

Hydrargirum disse...

Vinha eu todo constipado e catita, apontar a "Swástica" no cachecol baratucho da vizinhança....

Qd me deparo com os comments que aqui li....achei um piadão...e resolvi não mencionar o facto!!!!....
Pois não sabia de nadinha do que os meninos escreveram....

Eu para me vingar, passava a celebrar qq coisa mesmo TUGA aí em casa...sei lá...um rancho folclórico....lol...
E podias fazer farturas....!um cheiro a óleo!lol

Leila* disse...

Que tal uma árvore de Natal no hall de entrada e tudo quanto é boneco natalício pendurado na porta hein??? Já ando a pensar nisso!!

E vou começar a fazer como eles, festarolas até tarde de porta aberta, em que tudo entra e tudo sai, mas nem sequer convidam os vizinhos!!!

Quanto ao cheiro o que me vale é o brize que coloco no hall sempre que entro em casa!!

José disse...

Sem stress. Pensa assim... Foram eles que inventaram o Kamasutra =P loool Paz e Amor. ahahah Mas pronto! estou solidário. bjn*

mik@ disse...

ahaha leila a ideia das festas ta optima :) o pessoal dos blogues espera plo teu convite :P não te deixamos sozinha neste momento critico de luta contra a vizinhança.

eu nao simpatizo muito com caril e levar com o cheiro todos os dias.... é dose. já tinha enchido tudo quanto é sitio de velas perfumadas. depois ainda pensavam que era algum culto...

any the one disse...

o cheiro a caril eu testemunhei...o da sapataria toda à porta, felizmente, não apanhei. gostei especialmente da frase "Não sou racista, nem xenófoba, e tenho até muito boas relações com pessoas de outras etnias e culturas". eu comprovo e assino por baixo.

>> nim disse...

LOOOOOOOOL

abençoados vizinhos que eu tenho. não sei é se eles podem dizer o mesmo... hehe

beijos leila

Helena de Troia disse...

Leila so te digo uma coisa, mandei uma gargalhada genial a ler isto AHAHAAHAHAH!!! acho que moramos no mesmo predio e nao sabemos LOL é que os anormais dos meus vizinhos de baixo (que nao sao indianos felizmente - aqueles q te descrevi no outro comentario) fazem todos os cozinhados possiveis e imaginarios, as horas mais despropositadas. Eu e a mha mae ja desconfiamos que eles tem uma vida dupla, porque ele sai todos os dias por volta das 22h e é quando começam os cheiros, ao que me leva a crer q ela cozinha pro seu super lover quando o maridote sai. É que sao 11 da noite e é um cheiro nojento pela minha casa, e é quando nao é mais tarde. Se fosse só caril ainda td bem, mas é que eles é um cheiro a peixe nojento que ja desconfio que ela anda com um peixeiro. Mas só comem peixe porra? Mas o caril deve andar pra i na casa dos 40% em termos de cheiro. Ja nao ha respeito pelos vizinhos, essa é que é essa..

Por sorte nunca tive que visualizar chuléééééé nem sapatinho à porta AHAHAH e rituais satanicos tb acho que nao. Mas dou-te força a ires la bater a porta e cuscares mais um bocado porque eu tb quero sber mais pormenores :p

Leila* disse...

Eu não queria dizer nada, mas acho que têm um morto lá em casa e o cheiro a caril, é só para disfarçar.(Que nem os outros que queimavam incenso para não se descobrir as plantações lá de casa.. ehehe) E o facto de fazerem festinhas noite dentro, em que tudo sai e entra, é para velar o defunto!! Só pode!!