11.11.08

[Not today]

Há pessoas que permanecem na nossa vida tipo pedra no sapato. Ao início nem damos por elas, mas depois picam, moem, magoam, e irritam, até que temos coragem para nos descalçar e as deitar fora. Tenho a sensação de que hoje me livrei de um predegulho. O estranho é que não me sinto muito feliz por isso.

12 comentários:

any the one disse...

isso enquanto o pedregulho está a descer doi...é tipo pedra no rim...(nunca tive, mas imagino)...mas depois de sair toda a gente diz que é cá um alívio

IandU disse...

Um pedregulho assim, mesmo depois de o retirarmos, deixa marcas.

No final se chegares há conclusão que, mesmo não estando feliz, era a opção mais correcta irás ver a felicidade a chegar*

mik@ disse...

hum... olha eu nao sei que sapatos calcei hoje porque escorreguei na merda. isto vai correndo de mal a pior...

Idiota disse...

faz lembrar o ditado.. "água mole em pedra dura..."

Cabeça erguida, muito bem :)

Miss em cena herself disse...

Graças a Deus q ñ viste o post que eu tinha escrito e que a música dos Garbage veio substituir... esteve postado a tarde inteira, mas foi escrito num daqueles ataques de estupidez. Qdo voltou a lucidez, apaguei-o e pus a música. Sabes qdo ás vezes és tão estúpida q até tens vontade de te bater? Hj senti-me assim... mas já passou! ;-)

...and I'm back in the game!

medusasss disse...

Acho que a sensação é a longo prazo, só reparas quando te sentires mais leve.

***

^^MaryJane* disse...

e eu que não me livro dos meus...*

Helena de Troia disse...

Se eu me conseguisse livrar de todos os pedregulhos. Mas eles ficam colados, não saem, só envenenam..

AnNa disse...

Não te sentes feliz porque se calhar até gostavas de ter essa pedrinha e só davas por ela quando paravas e pensavas que impressão era aquela que sentias...
Há coisas e pessoas de quem gostamos mas que não nos fazem bem, e por isso, temos que nos "desfazer delas para que a paz entre a cabeça e o coração se instale.
Eu sei que custa, eu sei que dói, mas nada que o amor próprio e a nossa capacidade de encarar o medo de sofrer de frente não resolva!
Porque nós somos mais e merecemos mais que o muito pouco que têm para nos oferecer! =)

BeijO amOr meu! *

crème fraîche disse...

livrei-me dum pedragulho enorme há uns tempos atrás, e soube mais que bem, mesmo que só uns tempos depois.

misskitsch disse...

you will, eventually!

Ruca! disse...

deixa-me adivinhar? puxaste o autoclismo e ela n foi plo cano abaixo? ainda entopes a sanita com essas brincadeiras...

um dia quem sabe mari. bijo*