1.4.09

[era muita fruta...]

Hoje ao receber esta imagem via email lembrei-me de um episódio passado no final de Agosto de 2006. Estava com a minha melhor amiga em Cabo Verde, na Ilha do Sal, e corremos até ao hotel como nunca fizemos na vida. Fugíamos pois, de um (ou melhor dois) exibicionista (s) do género deste, mas que não cheirava (m) a banana é claro. Foi directo da discoteca para a banheira. Quanto à imagem, adorei o pormenor do sapatito alto e da malinha na mão. Lindo.

6 comentários:

MissKitsch disse...

Banana ordinarona1

Tenho dito.

Femme Fatale disse...

Ta muito engraçado.
Note-se que essa banana não veio da madeira LOLOLOL

=)

AnNa disse...

Ahahahah

Isto foi obra de quem, diga lá?! LOL

Nunca mais quiseste tu entrar numa discoteca africana! eheheh

BeijO nO nariz! *

mik@ disse...

ahaha ta muito boa a publicidade :D

Sara Sztander disse...

sem grande comentários, apenas me sei expressar assim:
LOOOL

Helena de Troia disse...

Ahahaha isto está tão querido. Também já tive uma situação assim, mas na altura não achei nada querido.

E ainda conto que andava eu na escola secundária e no terreno por detrás da escola, por onde toda a gente fazia corta mato, era ver os velhos (e novos) a fazerem actividades intimas com a sua mão e era uma nojice pegada! Um dia, nos meus belos 15 anos, ia com as amigas e decidi gritar NOJENTOOOOOOOOOO para um velho. Foi ver-nos a correr desalmadamente e ainda hoje nos rimos disso ;P