23.5.08

Sai um caril de gambas - Parte III

O cheiro a caril nos últimos dias era menos intenso. As crianças já não gritavam que nem umas desalmadas "mamie mamie mamie". De manhã o barulho da televisão mal se sentia. Já para não falar que o entra e sai tão normal dos fins-de-semana tinha acabado. Ontem olhei com olhos de ver para a porta aqui dos meus vizinhos e reparei que as cruzes suásticas e os enfeites de boas vindas não estavam sozinhos. Lá bem no meio, um ofício da Inspecção Geral de Impostos comunicava a penhora do 5.ºEsq. Fiquei pela primeira vez a saber o nome do chefe da família (que não reproduzo aqui por limite de espaço e tempo) e percebi porque é que a casa quase não tinha móveis, afinal, a passagem por aqui era curta.
Sim, os meus queridos vizinhos "deram de sola".

6 comentários:

medusasss disse...

pah... é a crise dos cereais... isto lentilhas importadas deve ser caro!
Ou então caril, cuz-cuz...
***

Helena de Troia disse...

LOL devias estar triste. Acabou-se a companhia carilenta que, confessa la, ja animava os teus dias :p Imagina que agora vao para ai morar uns gipsy? Prepara-te pra festas pela noite fora com aquela musica AIAIAIAIAIAIAIAIAIAIAIIIIII enquanto batem palmas! Ai sim, vais sofrer LOL

Mokas disse...

olha, tinhas feito bem em ter aproveitado e sacado umas receitas...
Oh "lena de troia" tu és mesmo mazinha... agora desejar uma coisa dessas à Leila...
Med, há bue caril em londres e em lx... ao ponto de em UK já ser quase considerado um prato tradicional inglês.

Maga disse...

é pena, gostava dos posts alusivos à vizinhança ihihihih
o cheiro ainda deve demorar um bocadinho a desaparecer, não é?

Paula disse...

Ó que pena...
E agora? Assim, já não vais poder acordar com o cheiro revigorante do caril, pela manhã!
:)
Bjs!

Ruca! disse...

agora é que é.
vai para aí morar aquele vizinho bonitão e solteiro que pediste ao pai natal.
**